precisam-se de paulistanos mudernos

primeira coisa a considerar: a plastic dreams, balada ali quase na esquina da rua da consolação com a al. franca, é uma merda. ao menos a entrada valia também como consumação, caso contrário teria me recusado a pisar lá dentro por $10. oh well, nunca gostei de baladas na vida, acho um bocado individualista, mas era a banda da amiga do pedrinho, então vamos lá. a polý também estava presente e tínhamos todos tomado chuva. o cabelo dela, com quinze descolorações e mais históricos de tinturas que o meu, permaneceu resplandescente e secou de uma maneira tão bela que parecia arranjado. o meu claro que tomou vida própria.

esta é das minhas fotos preferidas da noite. só não me perguntem o nome da banda.

convém aqui abrir um parênteses:

(não, vocês não têm idéia de como realmente era a plastic dreams. é quase um clube GLS, mas sem ninguém nunca tê-lo definido – os gays aparecem por lá instintivamente. a música saltava de grandes sucessos pop para uns eletrônicos medíocres. tomei uma tequila, fui ao banheiro unisex mijar numa cabine sem porta. uma mulher-onça subiu no palco à frente do dj e rebolava-se toda, os poucos homens heteros se aglomerando aos pés dela, até que um foi puxado para dançar também. ok, era um showzinho, movimentos obscenos eram mais do que esperados; ela enlaçava as pernas no pescoço dele e simulava sexo oral em diversas posições, as bichas gritando AAAAI QUE NOOOJO, ela o deitou no chão, tirou-lhe a camisa…


…e começou a masturbá-lo. até arrancou as cuecas, mas ele foi persistente e, cobrindo ali a região nobre, desceu do palco – pra tristeza dos gays, que até tinham começado a se empolgar abstraindo-se da presença da mulher.)

bem, depois de mostrar os seios tatuados, o show da mulher-onça acabou-se e nós fomos dançar a melhor música da noite até então, i can’t get you out of my head, kylie minogue. távamos já meio bêbados e nem percebemos quando um tipo nos abordou. ele gritou um HEY, VOCÊS, e nós, NÓS?, sim, venham cá um instantinho. eu disse: porra, justo na melhor música da noite? vê se não demora, hein. quié?

– A HBO vai gravar uma série televisiva aqui no Brasil em pareceria com a Rede Globo, vocês não estariam interessados em ser figurantes, por acaso…? Mas assim, não é só fazer parte de um bolinho, são papéis importantes, com close de rosto e tudo. Preciso só do nome, telefone e uma foto de vocês (que vamos bater agora).
– haaaa oook, hehehe, HBO, pois não? (e se for um golpe para tirarem os meus rins depois de anestesiada, toda essa parada de mercado negro, vou acordar numa banheira cheia de gelo e com talhos na altura da cintura, percebo logo! ou então vão me jogar numa sala com uma cama e uma câmera e filmar o meu estupro! mas e se for realmente a hbo… no brasil? por que no brasil? hmmm, muito esquisito pra ser verdade, e por que chamariam-me a mim?) ok, meu nome é beatriz oliveira, meu celular… é de campinas, não há problema?, o código é 19 e…

entrou uma mulher alta, esguia, toda elegante com uma câmera fotográfica profissional na mão e tirou-me uma foto de frente, os cabelos nem quero saber como saíram, depois da geração espontânea causada pela chuva. passei a duvidar um bocadinho menos. afinal, o que poderiam fazer com um nome, um número de telefone e uma foto?

mas hoje, quase dois meses depois, vi um número desconhecido no visor do celular. eu não atendo números desconhecidos – nunca. já basta a vez em que me ligaram de dentro da prisão. olhei de novo pro aparelho vibrando…

– alô.
– beatriz? é o vitor, aqui da produção da HBO, eu peguei seu nome, telefone e foto na plastic dreams, lembra-se?
– HAAAA SIIIIM…

resumindo: quinta-feira, dia 12, das 6 às 6, com direito a comida à vontade e o melhor de tudo – CACHÊ! vou ser uma jovem paulistana muderna que compra roupas em brechó. e aparentemente só ligaram a mim, meus amigos não vão.

chupem!!! e desejem-me sorte.

3 Respostas to “precisam-se de paulistanos mudernos”

  1. The Kill is... Says:

    HAHAHAHAHA
    QUE FOOOODA!

    será que não é agora o grande auge da sua vida?

    p.s.: sim, é a Kill em um novo endereço :B

  2. trixie Says:

    é nada! ser figurante da HBO? o grande auge da minha vida vai ser ver minhas pinturas reconhecidas; mas como nem eu as reconheço como pinturas atualmente, acho que ainda demora uns bons anos aí.

  3. Rodrigo Says:

    Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: